domingo, 20 de dezembro de 2009

A Bela e a Fera

Confesso que, no primeiro momento, não fazia idéia do que significava a expressão do cartaz. Depois descobri que é coisa de moda e de mulheres. Mas o que me chamou a atenção foi a conjunção da Bela e da Fera e a provocação que me pareceu estar no ar.

Os significados, as ambiguidades.

Pedalar com a imaginação, com a criatividade. Não apenas "ralar" com o corpo físico, os músculos, mas deixar a mente também viajar, vencer desafios, deixando-se levar pela sedução.

E aguardar que outros encontros com a "Bela", menos efêmeros e menos ocasionais , talvez até mais materiais do que este no meio da estrada, possam acontecer.

(foto Desafio Costa Doce)



5 comentários:

  1. Muito bom o título da foto! um cicloabraço! e um feliz 2010!
    MárcioF
    http://magrelars.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ciclistas Anonimos4 de janeiro de 2010 19:05

    ... acho que me inspirei em Shakespeare...:-) ... de qualquer forma o ciclismo sempre me inspira... mas a própria foto é que ajudou mais... se me confirmares o crédito gostaria de incluir...

    ResponderExcluir
  3. Ciclistas Anônimos9 de janeiro de 2010 16:39

    .. na realidade, conforme me dou conta, A Bela e a Fera é um antigo conto relatado pela primeira vez em francês, em 1740, por Gabrielle-Suzanne Barbot, Dama de Villeneuve. O texto de Shakespeare, que me confundiu, é A Megera Domada.

    ResponderExcluir
  4. é não que sou eu nessa foto!!!ehehehe, to ficando famoso ein!!!parabén pelo post, show de bola!

    Cícero Silveira

    ResponderExcluir
  5. Ciclistas Anônimos30 de junho de 2010 19:27

    Cícero,é você? Aonde é que estava indo com tanta pressa... :-)

    ResponderExcluir

Talvez não saiba mas pode ser que tenhamos, em outros momentos, pedalado juntos. Pedalado em todos os terrenos que a bicicleta propicia entre eles os da criação e participação. Se chegou até aqui é quase certo que sim.Escreva seu comentário. Ele é parte fundamental deste processo.