sábado, 2 de julho de 2011

O Juizo Final


Há quem vislumbre nas grandes catástrofes sinais inequívocos da vontade divina.
Quase sempre, quando são catástrofes que penalizam pesadamente, em vidas e bens materiais, populações inteiras, sinais interpretados como de punição.
Se assim fôr cabe-nos erguer as mãos em oração e pedir perdão por nossos pecados.
Mas a maior de todas as catástrofes ainda está por vir. O verdadeiro dia do Juízo Final pode estar chegando.
A Terra será invadida por automóveis, tantos e em tal número que em seguida deixarão entupidas todas as saídas possíveis. Surgirão como uma praga de proporções dantescas. E a humanidade, sem ter como se deslocar e sem qualquer meio de transporte possivel pois até os aeroportos e portos serão totalmente tomados de carros, sucumbirá à falta de suprimentos, de comunicação e de socorro.
Apenas sobreviverão, como nas grandes hecatombes, os ratos e as baratas. Mas desta vez talvez também um punhado de ciclistas que puderem, esgueirando-se por entre os escombros e os automóveis amontoados, encontrar um trilha para a salvação.
O mundo, a partir deste dia, estaria livre dos carros para sempre.
Deles apenas restaria uma montanha de ferragens corroídas até o seu desaparecimento completo,
Enquanto pedalo e me esquivo dos automóveis , que passam em alta velocidade bem junto ao meu corpo, não mais do que meio metro,  me pergunto se estas elocubrações que me vêm à cabeça são resultado de um sonho ou se estou tendo uma alucinação.
Mas me animo e até pedalo com mais energia diante da perspectiva de que se trate de algo real e de que sua plena realização possa estar mais próxima.
Redobro minhas forças reanimado por ter o segredo, só a mim revelado, de que o reinado destas máquinas, que ao passar ao meu lado ameaçam, no vácuo, me arrancar do selim, está chegando ao fim. 

4 comentários:

  1. Obrigado por compartilhar a revelação, ela nos faz muito bem!

    ResponderExcluir
  2. Ciclistas Anônimos6 de julho de 2011 05:50

    ...vamos rezar para que ela se concretize, mas a questão é? De fato sobreviveremos?...

    ResponderExcluir
  3. "É o dia do juízo que afinal chegou...".

    E os "homi" vão dizer: Ogum, ye-ye-ye...

    ResponderExcluir
  4. Ciclistas Anônimos2 de agosto de 2011 06:51

    ... só espero, se esta civilização não sobreviver, que fiquem as bicicletas para as próximas ...

    ResponderExcluir

Talvez não saiba mas pode ser que tenhamos, em outros momentos, pedalado juntos. Pedalado em todos os terrenos que a bicicleta propicia entre eles os da criação e participação. Se chegou até aqui é quase certo que sim.Escreva seu comentário. Ele é parte fundamental deste processo.